O que é (e como tratar!) a tosse dos canis!


A traqueobronquite infecciosa canina, conhecida popularmente como tosse dos canis ou traqueíte, é uma doença altamente contagiosa frequentemente associada a um vírus que prolifera principalmente no inverno e em regiões de baixa temperatura em geral - cada vez mais comum entre os cãezinhos e que só precisa de um bom tratamento!

 

 

O que é a tosse dos canis?

A tosse dos canis é uma doença que afeta o sistema respiratório do seu cachorro, e que pode se propagar pelo ar ou por contato direto entre os animais, sendo bastante frequente em locais com alta concentração de cães, daí o seu nome -  e um cãozinho que vive em uma casa sem outros animais não está excluído da possibilidade de contágio, já que ela é contagiosa o suficiente para ser transmitida por via aérea. Apesar de se restringir aos tecidos respiratórios, a doença pode se tornar porta de entrada para uma bactéria oportunista, causando uma infecção bacteriana secundária mais grave - por isso, apesar de ser uma condição não muito séria, deve ser tratada e curada a fim de evitar complicações mais graves na saúde do seu cãozinho!

 

Quais são os sintomas da traqueobronquite infecciosa canina?

É comum ouvir que a tosse dos canis se assemelha bastante com os sintomas de uma gripe nos humanos; é frequentemente confundida com um simples engasgo, por isso toda atenção é necessária durante a observação. Os principais sintomas da tosse dos canis são:

  • Respiração chiada;
  • Tosse seca e constante;
  • Secreção nos olhos, nariz e boca;
  • Febre;
  • Pode até incluir vômito, ou expectoração de secreções do sistema respiratório;
  • Fraqueza, o mal-estar geral, falta de apetite.

Não se deixe enganar: apesar de ter um tratamento simples, a tosse dos canis precisa de cuidados para evitar problemas mais sérios: se o seu cãozinho apresentar estes sintomas, marque uma consulta e inicie o tratamento!


 

Como é o tratamento da tosse dos canis?

O tratamento depende muito do estado do cachorrinho doente, mas geralmente envolve antibióticos e anti-inflamatórios, xaropes e até inalação; além disso, a reposição de líquidos e fluidos acaba se fazendo necessária em algumas situações, quando o cãozinho estiver desidratado. É muito importante lembrar que você não deve medicar o seu pet (nem nenhum outro) por conta própria - e no caso específico de uma doença contagiosa, isolar o cãozinho doente dos demais de casa, mantendo-o em repouso e tão longe quanto possível de poeira, fumaça, frio e umidade.

 

Como é feita a prevenção da tosse dos canis?

Além de procurar manter o seu cãozinho longe do contato de outros cãezinhos doentes, em ambiente higiênico e adequado para preservar a saúde do pet; a prevenção também pode ser feita especificamente através da vacina Bb+PIC, que é bastante difícil de encontrar: por isso, manter o calendário de vacinas do cãozinho em dia ajuda a reduzir sintomas e infecções secundárias e facilitar a cura do quadro.

 

 

Você tem alguma suspeita de que o seu cãozinho esteja com tosse dos canis, ou com algum outro problema de saúde? Aqui no Império dos Animais, você e o seu pet contam com uma equipe completa e super capacitada, além da estrutura clínica e cirúrgica mais completa da região: tudo para ajudar o seu pet a recuperar a saúde e curtir muito com você! Seu pet precisa de um check-up? O Império dos Animais espera por vocês!